+
Curto

Botulismo ocorre em alimentos enlatados

Botulismo ocorre em alimentos enlatados


Nos primeiros 4 meses de 2007, foram confirmados 8 casos de botulismo, em nível nacional, em comparação com 3 casos no mesmo período de 2006. Os 8 casos apareceram nos municípios: Mures - 2 dos quais 1 morte, Bacau - 2, caso Valcea -2 e 1 nos condados de Harghita e Bihor. A doença ocorre como resultado do consumo de alimentos contaminados, especialmente alimentos enlatados preparados em casa, bacon, linguiça defumada, peixe / sal defumado, carne de banha.
Os principais sinais da doença são:
- distúrbios digestivos moderados: boca seca, náusea, dor abdominal;
- dor de cabeça, tonturas;
- astenia acentuada;
- paralisia flácida, paralisia ocular - oftalmoplegia, mais frequente
- manifestações oculares (diplopia, estrabismo);
- paralisia faríngea - deglutição difícil, voz rouca, fala difícil e, em casos graves, paralisia dos músculos do pescoço, membros, paralisia dos músculos respiratórios com o aparecimento de insuficiência respiratória.
Para prevenir doenças, o Ministério da Saúde Pública e o Centro de Prevenção e Controle de Doenças Transmissíveis recomendam o seguinte à população:
- evitar o consumo de vegetais enlatados, carne e peixe na casa que não foram esterilizados por ebulição (ferva pelo menos 30 minutos);
- evitar o consumo de alimentos enlatados cujas bombas de tampa;
- evitar o consumo de alimentos com aparência e cheiro desagradáveis;
- limpeza cuidadosa e lavagem cuidadosa de produtos vegetais;
- preservação a frio de alimentos incompletamente preparados ou de alimentos perecíveis;
- alimentos com aparência e cheiro desagradáveis ​​não constituirão ração animal;
- os recipientes em que foram encontrados os alimentos com aparência e cheiro desagradáveis ​​serão bem limpos e cozidos.
- qualquer preparação preservada em casa é fervida por mais de 10 minutos - as conservas domésticas (vegetais) têm o maior risco; as conservas industriais (sopas concentradas, vegetais enlatados) podem ser menos contaminadas quando não forem suficientemente esterilizadas; carne defumada e presunto preparado em casa, salsichas, conservas de peixe também podem ser fontes de doenças;
- evitar a preparação de alimentos mais de 2 a 3 horas antes do consumo, se não for possível garantir as condições de temperatura necessárias para armazenar alimentos preparados;
- garantir o armazenamento de alimentos a temperaturas de 4-8 graus Celsius, no caso de alimentos que serão consumidos mais de 2-3 horas após a preparação (refrigeração);
- consumir alimentos preparados para lactentes imediatamente após a preparação, sem serem reaquecidos ou armazenados na geladeira;
- no caso de alimentos cozidos, garantindo uma temperatura de preparação superior a 70 graus Celsius;
- Evite o contato entre alimentos não preparados e preparados;
- lavagem repetida das mãos, não somente após o uso do banheiro e antes da refeição.
No início dos primeiros sintomas da doença, recomenda-se a apresentação imediata ao médico de família ou aos hospitais de emergência.
Assessoria de Imprensa da MS
7 de maio de 2007


Vídeo: O que é botulismo? - Doutor Responde (Janeiro 2021).