Informação

Crianças com medo de novos alimentos

Crianças com medo de novos alimentos

Os pesquisadores descobriram uma explicação para o fato de que algumas crianças não gostam de experimentar novos alimentos, o que é transmitido geneticamente, relata a Reuters Health.


Os pesquisadores descobriram uma explicação para o fato de que algumas crianças não gostam de experimentar novos alimentos, o que é transmitido geneticamente, relata a Reuters Health.
O estudo incluiu gêmeos e irmãos gêmeos idênticos e analisou suas preferências culinárias. Observou-se que 80% dessas preferências são herdadas geneticamente.
Especialistas dizem que humanos e animais relutam em novos alimentos e essa prevenção pode ter uma vantagem evolutiva, ou seja, não estamos expostos a toxinas.
A pesquisa durou de 8 a 11 anos e incluiu gêmeos e irmãos gêmeos idênticos para poder separar as reações genéticas aos alimentos daquelas de outra natureza. Os gêmeos idênticos têm 100% dos mesmos genes, e os irmãos gêmeos compartilham 50% dos genes.
Após os estudos, uma herança genética das preferências culinárias em 78% foi observada em gêmeos idênticos. Assim, o meio ambiente não tem uma grande influência, mas apenas 22%.
Os especialistas alertam que essas descobertas não significam que a educação dos pais dos filhos não importa, porque a herança genética não determina completamente seu comportamento.
A conclusão do estudo é que qualquer criança que relute em experimentar novos alimentos pode ser educada e, com o tempo, a respectiva comida vai gostar.
Alina Sica
editor
22 de agosto de 2007