Curto

Deficiências nutricionais na gravidez

Deficiências nutricionais na gravidez

Quando uma mulher grávida não tem uma dieta saudável durante a gravidez, o feto pode sofrer inúmeras deficiências. Baixo peso ao nascer, deficiências nutricionais, defeitos congênitos ou retardo mental são apenas alguns dos problemas que uma criança pode ter.

Calorias durante a gravidez

Quando você está grávida, você precisa consumir 300 calorias extras por dia. Se você está grávida de gêmeos, sua ingestão calórica deve aumentar ainda mais, dependendo das recomendações do médico.

Mas você precisa ter muito cuidado com essas calorias extras. Tente escolher alimentos saudáveis ​​e frescos e alimentos. Além disso, durante a gravidez, você deve consumir alimentos em combinação com suplementos vitamínicos que você deve tomar diariamente. Obviamente, esses suplementos são prescritos pelo médico.

Uma dieta variada, com muitas frutas e vegetais frescos, ajudará você a consumir as calorias necessárias para a sua saúde e a do seu filho. Dessa forma, no entanto, você consumirá apenas preparações saudáveis, o que não afetará adversamente sua saúde ou peso.

Evite fast foods, gorduras e alimentos ricos em sal e açúcar. Esses alimentos contêm apenas calorias vazias, sem valor nutricional.

Nutrição durante a gravidez

Uma dieta saudável e equilibrada terá um grande impacto na maneira como você se sente. Durante a gravidez, você precisará de alimentos que aumentem sua energia.

As calorias extras fornecerão a energia que você precisa, mas é muito importante que a comida escolhida seja de boa qualidade.

Dessa forma, você terá nove meses de gravidez sem problemas. Com a nutrição correta, você evitará desconforto, azia, prisão de ventre, fadiga e muitos dos problemas específicos do período da gravidez.

Outro benefício da nutrição adequada é a rápida recuperação após o nascimento. Seu corpo estará em boa saúde e se recuperará mais rapidamente.

Deficiências nutricionais durante a gravidez

Durante a gravidez, as mulheres são muito mais vulneráveis ​​devido a alterações hormonais e necessidades metabólicas. Aumentar a placenta e o feto são mudanças que deixam uma marca de como as mulheres se alimentam durante a gravidez.

As mulheres que não se alimentam adequadamente estão mais expostas ao risco de infecção, parto prematuro ou atraso nos recém-nascidos.

Um dos distúrbios causados ​​pela má nutrição é a anemia ou deficiência de ferro. Além disso, durante a gravidez, as mulheres apresentam deficiências significativas de iodo, zinco, vitamina A e vitamina B.

Depois de conceber uma criança, é importante fornecer ao corpo o ferro necessário. Consuma alimentos como carne bovina, aves, fígado, grãos integrais, passas ou ameixas.

Durante a gravidez, você precisa de muito cálcio, que é usado pelo feto para o desenvolvimento ósseo. Adicione alimentos ricos em cálcio, como leite, laticínios, brócolis, espinafre, repolho, amêndoas, ovos e frutos do mar à sua dieta.

A falta de zinco no organismo pode levar ao nascimento prematuro ou perda de gravidez. Para evitar esses problemas, coma alimentos como gema de ovo, frutos do mar, carne, fígado, grãos integrais, cogumelos, sementes de girassol ou abóbora.

Para evitar a deficiência de vitamina B6, é aconselhável consumir fígado bovino, peito de frango, abacate, banana, batata ou ovos.

Além disso, durante a gravidez, é aconselhável consumir alimentos ricos em ácido fólico: nozes, sementes, carne, peixe, ovos.

Tags Nutrição Gravidez Dieta da dieta Calorias Dieta da gravidez Problemas de gravidez Alimentos Vitaminas da gravidez Vitaminas pré-natais Legumes Frutas da gravidez Frutas Peso da gravidez Nutrição na gravidez Ajuda na gravidez